Reflexão sobre o livro "O caso dos exploradores de caverna"

Fala, pessoal. Vi essa categoria aqui de entretenimento e decidi compartilhar minhas reflexões sobre um livro que li no começo da faculdade e me marcou muito. O livro é “O caso dos exploradores de caverna” do Fuller. Não sei se muita gente já leu e não quero dar spoiler, mas me fez refletir muito sobre a adaptação da lei ao contexto e a tensão entre responsabilidade individual e sobrevivência. Resumindo o livro, são exploradores que ficaram presos em uma caverna e tomam uma decisão desesperada para sobreviver, levantando questionamentos sobre a aplicação rígida da lei e a ética em situações extremas. A obra destaca a importância de considerar não apenas a letra da lei, mas também seus fundamentos éticos e acho que nos convida a equilibrar justiça, moralidade e pragmatismo.
Quem não leu, vale muito a pena!

14 curtidas

Boa Dr.! Estou lendo “O PRÍNCIPE”, muito interessante também

4 curtidas

A “ficção” praticamente se tornou realidade no caso dos mineradores chilenos e dos meninos tailandeses

7 curtidas

Olá Dr! Gostei do resumo, vou procurar para ler!

6 curtidas

Esse é um livro para se ler a cada ano da graduação e depois de formado continuar a leitura anual. Com o passar do tempo, existem alguns nuances e até mesmo uma alteração do entendimento sobre o caso.

6 curtidas

Boa tarde Dr, adorei muito a sinopse do livro, já coloquei na minha lista de leitura!

5 curtidas

@Rafael_CEO_da_Jusfy Realmente!

4 curtidas

@gabrielselbach A sugestão de revisitar o conteúdo ao longo da carreira é, de fato, uma prática interessante e enriquecedora.

4 curtidas

Livro obrigatório para leitura, logo no primeiro ano de Direito. Tenho até hoje.

1 curtida