Indicações de Filmes que acharam bons

indiquem o filme e a plataforma que assistiram.

6 curtidas

A condenação (youtube)

6 curtidas

Caso 39 - na netflix

6 curtidas

O limite da Traição - NETFLIX

5 curtidas

Advogado fora da lei - Netflix

6 curtidas

Tem uma série na netflix que é muito boa. A série se chama IL Processo.

7 curtidas

“The Lincoln Lawyer” (Netflix)

A série descreve todos os procedimentos do tribunal do júri e um pouco de julgamentos por juiz singular nos EUA. E mostra a atuação investigativa do advogado e sua equipe fora da corte.

No tribunal do júri, a ação começa com a seleção dos jurados, seguida das alegações iniciais, introdução de provas materiais e testemunhais , inquirições diretas e inquirições cruzadas (cross examination); alegações finais e veredicto do júri.

3 curtidas

Esses dias assisti “Pesadelo Americano” ou “American Nightmare” na Netflix. Achei excelente. Recomendo!

2 curtidas

O Poder e a Lei (2011)

2 curtidas

As Duas Faces de Um Crime (1996)

2 curtidas

12 anos de escravidão

2 curtidas

A vida de David Gale

3 curtidas

O Segredo dos Seus Olhos

Pepe, craque dos Santos de Pelé dizia que ele era o maior artilheiro do Santos, porque o Pelé não contava porque era “hors concours”. Na realidade, o melhor dessa lista é o filme argentino. Só que não vale colocá-lo no topo, pois pra mim ele não é apenas o melhor filme jurídico: É o melhor filme de todos os tempos. Aborda com maestria vários temas ligados ao Direito: 1) como se procede uma boa investigação, prestando atenção aos mínimos detalhes, que levam os protagonistas a descobrir que o assassino que é torcedor fanático do Racing; 2) Mostra como a atuação invasiva do Estado sobre as Instituições durante uma Ditadura pode ser danosa ao Sistema de Justiça; 3) O mais importante do filme: aborda o conceito de Justiça na versão mais pura do termo. A Justiça que se sobrepõe à Lei que nada mais é que a Representação da Justiça. Não bastasse tudo isso, há a atuação de Ricardo Darin o melhor ator latino [incluindo os brasileiros] que surgiu nos últimos 20 anos e o melhor em atividade.

2 curtidas

12 Homens e Uma Sentença

Esse também é um espetáculo, já perdi a conta de quantas vezes vi as duas versões. Pra mim, tanto a da década de 50, com Henry Fonda, quanto a de 1997 com Jack Lemmon e George C. Scott são ótimas. Particularmente tendo um pouco mais para a última. O interessante é que é um filme de direitos sem Advogados. São 12 jurados que devem decidir, por unanimidade, se mandarão um jovem para a cadeira elétrica ou não por ter matado o pai. Todos eles estão propensos a decidir de forma rápida e indolor a fim de retomarem suas atividades. Até que o jurado número “8” vota de forma diferente da maioria para iniciar um exercício de dialética.

2 curtidas

O Vento será tua herança

Trata do caso do Professor que é processado numa pequena cidade do sul dos EUA por, contrariando a lei local, ensinar evolucionismo. O filme aborda uma Profunda Discussão do Direito Constitucional num sistema Constitucional Negativo [ou principiológico]; também abordando o quão atrasado pode ser o fundamentalismo religioso, não apenas o islâmico, mas também o cristão. Mais uma ótima atuação de George C. Scott.

2 curtidas

Questão de Honra, no HBO

4 curtidas

Sem dúvida, um filmaço!

1 curtida

Amistad de Steven Spielberg, no Google Play
Mostra a disputa pela propriedade de um navio negreiro rebelado que aporta nos EUA em 1839 e a questão em torno da propriedade sobre seres humanos. Um filmaço!

“Após se revoltarem e controlarem o navio onde seguiam, um grupo de escravos africanos foi capturado pela Marinha Americana e levado para os EUA. Ali, vai desenrolar-se uma intrincada batalha jurídica sobre a sua posse, disputada pelos donos do navio, pelo comandante do navio americano e pelo Reino de Espanha. Caberá a um só homem a tarefa de provar ao júri que seres humanos não têm dono.”

2 curtidas

O Informante (1999)

Nota: 7,9

Sinopse: Em 1994, ex-executivo da indústria do tabaco deu entrevista bombástica ao programa jornalístico “60 Minutos”, da rede americana CBS.

Dizia que os manda-chuvas da empresa em que trabalhou não apenas sabiam da capacidade viciadora da nicotina como também aplicavam aditivos químicos ao cigarro, para acenturar esta característica.

Na hora H, porém, a CBS recuou e não transmitiu a entrevista, alegando que as consequências jurídicas poderiam ser fatais. Baseando-se nesta história real, O Informante narra a trajetória do ex-vice-presidente da Brown & Williamson Jeffrey Wigand (Russell Crowe) e do produtor Lowell Bergman (Al Pacino), que o convenceu a falar em público. [fonte]

1 curtida

Filadélfia (1993)

Nota: 7,7

Sinopse: Andrew Beckett (Tom Hanks) é um promissor advogado que trabalha para um tradicional escritório da Filadélfia. Após descobrirem que ele é portador do vírus da AIDS, Andrew é demitido da empresa.

Ele contrata os serviços de Joe Miller (Denzel Washington), um advogado negro que é homofóbico. Durante o julgamento, este homem é forçado a encarar seus próprios medos e preconceitos.

1 curtida