Aos tributaristas... como foi o começo?

Olá! Estou no início da minha advocacia e me identifico muito com a área tributária. Gostaria de saber um pouco sobre como vocês deram um “start” nesse ramo do direito, e se tiveram retornos positivos no começo.

12 curtidas

A Dra. “tirou as palavras da minha boca”.
Viver e trabahar no interior do MA e poder ir além de Previdenciário. :clap:t3:

6 curtidas

Dra.
eu iniciei meus estudos em Direito Tributário logo após passar na prova da OAB, pois fiz a segunda fase em Dir. do Trabalho. Trabalhei um tempo fora da advocacia e concomitantemente finalizei minha pós graduação na área, contudo, sentia bastante insegurança em atuar sozinho, tinha a sensação que tinha muito conteúdo mas precisava conhecer a prática. Assim comecei a procurar vagas em escritórios já consolidados na área tributária e em pouco tempo de vivência em escritório você já começa a se sentir capaz de realizar suas próprias ações.
A gama de atuação é bastante extensa e pode ser conciliada com outras, indicaria iniciar com execuções fiscais de IPTU ou prestar consultorias a pequenas empresas, já é uma boa forma de aprendizado

8 curtidas

Acredito que pras cidades do interior, como a minha, a área tributária não tenha tanto retorno. Aparece coisa ou outra, mas coisas bem pequenas. Se vocês gostam dessa área sigam o professor Rafael Novais, ele é excelente.

6 curtidas

Olá, me peguei minha vermelinha em abril/2023, e felizmente consegui bastante cliente, todos pessoas físicas, então estou neste limbo de 30%, em 04/09/2023, tive minha primeira procedência, estava todo feliz, e a Fazenda Nacional interpôs Embargos de Declaração, agora é aguardar os próximos capitulos!
Estou confiante, é uma área que carece de profissionais em minha região (Sul do ES) onde no máximo devem haver uns 5 profissionais especialista em Tributário! Desejo sucessos, não podemos perder a Esperança.

7 curtidas

Percebo que na área tributária poucos advogados individuais mantém um ritmo bom/excelente na captação de clientes. Poucos escritórios acabam dominando a área.

6 curtidas

Realmente são poucos mesmo Dr, principalmente em cidade pequena, pois a demanda é pouca.

4 curtidas

Trabalho nesta área a mais de 20 anos, tenho uma boa carteira, mas, a meu ver nesta área, você não pode esperar o cliente te procurar, principalmente quando se fala de empresas, penso que deve se buscar um network base e hoje, muito mais fácil do que quando comecei, usar a tecnologia de informação a seu favor.
Envolva-se com o CDL de sua região, vá as comissões da OAB, participe de eventos gratuito e pagos, quando possível, estabeleça parcerias e foque em um nicho de mercado, pois com o aumento de acesso a informação os generalistas estão fadados ao limbo jurídico.
Pensem, hoje vc podem fazer um curso certificado de HARVARD pela internet…
Por isso eu digo busquem o cliente e abram o mercado, se especializem, ajudem as empresas a crescer, são sementes que podem germinar em futuros bons honorários.

Sds,

HAMILTON REIS
@reis

8 curtidas

Talvez você possa estar olhando para o lugar errado. É verdade que cidades do interior costumam ter um giro de capital menor do que em cidades grandes, mas isto vale mais para o comércio local, que é composto por pequenas empresas. Se sua cidade é pequena, tenho quase como certo que deva ter várias fazendas nos arredores. Uma área pouco explorada, mas muito rentável, é direito tributpario agrário. Já deu uma olhada nisso?

2 curtidas

Excelente estratégia, Dr Gabriel.
Minha dificuldade é encontrar escritório que aceite mesmo sem experiência :frowning:

2 curtidas

É verdade!
O Tributário no Agro é uma excelente oportunidade!
Siga a prof.ª @liliane.agro.

2 curtidas